Pages

quarta-feira, 1 de julho de 2009


Julgamentos.

3
O ser humano julga muito, a todos os momentos. Não que isso seja completamente errado, é algo natural das pessoas, e se não nascemos com esse dom que poderia ser dispensado, acabamos adiquirindo-o ao longo do tempo. Acontece que ao julgarmos, colocamos apenas o NOSSO ponto de vista mediante às situações, e nem sempre a visão que temos dos acontecimentos são reais, nem sempre o que acreditamos é o que realmente acontece. Há muito mais dentro de cada pessoa do que a nossa vã sabedoria ou conhecimento de vida é capaz de medir e por mais erradas que certas atitudes possam nos parecer, elas escondem algo por trás, algo que nós, "julgadores de plantão", nunca teremos a capacidade para decifrar ou simplesmente entender.
Só o dono da dor sabe o quanto dói, e qual são as medidas adequadas para amenizar tal sofrimento.
Não julgue, não tente entender, não critique. Apenas releve.

3 comentários:

°Tuh♠ disse...

Nossa . devo admitir que você escreve muito Bem ! sabe ... acho que você me rebaixou agora à somente : o menino da boca bonita " ... não acho q eu conseguiria passar de uma ideia p/ um texto com tanta sutileza cmo vc fez xD

Amei ! ♥

Dyggin disse...

muito bom, apenas releve...

Mr. Cherry disse...

e viva a libertinagem.