Pages

quarta-feira, 16 de junho de 2010


Brasil, redes sociais.

9
Faz um tempo que não escrevo aqui no blog.. Venho estudando muito, final de período na faculdade é sempre complicado, mas devido algumas reflexões que fiz hoje, achei que seria válido criar um post para expor algumas opiniões pessoais.


Faz tempo que as redes sociais virtuais estão presentes na vida da população mundial. Devido à globalização, o mundo inteiro tem acesso à essas redes, e a maioria delas tem o intuito de promover uma maior integração social e interação nas relações interpessoais. Qualquer pessoa, hoje em dia, pode ter uma conta Orkut, um noTwitter, no Facebook, no MySpace e em outros sites de relacionamento. Essas redes, são de fato, interessantes. Além de serem fonte de informação (e não apenas da vida alheia!), são fontes distrativas de lazer e possibilitam a criação de maior integração entre as nações. Maaaas.. De uma forma de outra, a nossa pátria amada Brasil sempre domina essas redes sociais. Aconteceu com o orkut, está acontecendo com o facebook e estou vendo acontecer, também, no twitter.
Tudo bem. A julgar que o Brasil é um país enorme, que conta com mais de 190 milhões de habitantes, é natural que se encontre brasileiros em destaque em qualquer lugar, inclusive nessas redes sociais. Acontece que os valores expostos por nós, brasileiros, nessas redes sociais, são valores um tanto... superficiais, e merecem entrar em debates.
O Brasileiro é um povo alegre, acolhedor, que possui uma imagem razoável pelos quatro cantos do mundo. Às vezes concordo com tal afirmativa, às vezes, acho que é pura sorte. Como um país que utiliza as redes socias para introduzir valores deturpados e desprovidos de qualquer munição intelectual pode permanecer com uma imagem razoável lá fora?
A juventude brasileira é sem limites, e sem querer generalizar, não possui um pingo de auto crítica. Por exemplo: Twitter. Os famosos Trending Topics do twitter estão há vários dias dominados pelo Brasil. Não que isso seja ruim. O ruim é o que é explicitado nesses Trending Topics. A juventude acha graça em idolatrar ídolos sem fundamentos, brigar por causas sem fundamento, debochar de pessoas pelos seus atributos físicos e transformar o que era para ser uma integração social em uma verdadeira zona.
Podem me chamar de chata, moralista, cliché e antiquada, mas jamais poderei ser conivente com uma situação patética dessas. Ver o meu país, o país de Machado de Assis, Elis Regina e Caio Fernando de Abreu se abrir como um circo desestruturado para o resto do mundo. A juventude está aí. Existem jovens em todos os lugares do mundo e eu pergunto a você, caro leitor: Esses jovens fazem esse estardalhaço ridículo que é feito por nós? Não. É, acho que os valores da nossa sociedade brasileira ficam cada dia mais vazios, deturpados e infectados. Infectados por nós mesmos, infectados por nossa falta de limites.
Em um país infestado de pobreza, desiguadade social, violência, tráfico e outros problemas sociais (que não existem apenas aqui, é claro), as pessoas se preocupam em expor para o mundo opiniões vazias e sem fundamento, sobre pessoas mais sem fundamento ainda. O Brasil apenas dá ibope ao que não seria digno de ibope em uma sociedade de pessoas que pensassem por si.
Geisy Arruda baleia, Elenita do big brother baleia, Nós odiamos Justin Bieber, Nós amamos Nx0, Restart e outros, Cala a boca Galvão? É essa a mensagem que temos a dar para o mundo? Essa idiotice ultrapassa até mesmo as barreiras do entetenimento.
Isso é demais para mim e não consigo aceitar que eu seja a única pessoa que defende a ideia de que essas coisas são ilimitavelmente desnecessárias.
Pessoas no exterior acham que brasileiros são selvagens. Acho que agora, pelo menos, eles têm motivo para achar isso.

" Brasil, mostra a tua cara, quero ver quem paga pra gente ficar assim. "



Deixo claro de que SOU brasileira, apoio o meu país e até defendo quando não concordo com o que é passado. Sei que todas as nações têm problemas, mas eu, sinceramente não consigo ficar calada ao ver uma palhaçada dessa.
Até.

9 comentários:

Erzsébet disse...

Adorei o post! Realmente, existe um lado util nas redes sociais que é muito pouco usada... Me lembro do começo do bang do twitter - eu havia feito um pensando: meu deus, como é util, vou poder ter acesso rapido à informações, alguns politicos estão na rede, isso é legal... -_-
Desanimei-me quando vi mensagens sem fundamento, de, como vc falou, pessoas sem fundamento. O orkut tbm, demorei muito para fazer um pq não me era util no começo, agora é... Ainda assim, vez em quando bate uma vergonha alheia nessas redes sociais...

Flaemmchen

Esther Saldanha disse...

Finalmente, são pessoas como você, minha cara, que me fazem ver que esse pais não está perdido.
Mas parece praxe, não só no Brasil aliás, que a juventude se volte para assuntos mais fúteis, aliás, não só a juventude, pois não são raros os pais que incentivão e dão o mesmo exemplo de futilidade.
O Brasil é um país de cultura muito rica, é deveras uma pena que poucos conheçam isso verdadeiramente.
Podemos ser chatos, antiquados, tradicionalistas. Não importa como nos chamem, é melhor do que fingir ser como eles.

Fábio Júnior Braga disse...

Concordo com você, o Brasil tem crescido muito no twitter e eu gosto MUITO disso. Sucesso com o blog, beijos!

Passa no meu e comenta? Beijo

Talles Azigon disse...

estou aqui para divulgar o projeto Papéis de Circunstâncias,
Somos um projeto que tem o intuito de divulgar a nova poesia Brasileira atraves de um jornal Gratuito que o leitor recebera em casa, assine e receba, na opção assine do menu

http://papeisonline.blogspot.com/

bruna disse...

Verdade, apoio as redes sociais, elas deviam ser mais utilizadas e de uma forma boa!

Marcela Pires ♥ disse...

O Brasil se une para mandar mensagens para a Google quando o Orkut sofre uma atualização ridícula sem aviso prévio. O Brasil se une para colocar o CALA A BOCA GALVÃO no Trending Topics do Twitter.
Isso só mostra que temos voz quando queremos ter.Podemos ser ouvidos pelo mundo se quisermos.
Isso me deixa feliz. O que entristece é saber que só usamos nosso poder para futilidades.
Não usamos nossa voz para melhorar nosso país.
Seria engraçado se não fosse trágico.

Karla Hack disse...

Achei o seu post muito relevante!
E concordo com você em gênero. número e grau..
É td tão fútil e sem utilidade...
Como pode um país com tanta cultura não falar sobre ela?!
;D

Karla Hack disse...

Achei o seu post muito relevante!
E concordo com você em gênero. número e grau..
É td tão fútil e sem utilidade...
Como pode um país com tanta cultura não falar sobre ela?!
;D

A estapafúrdia disse...

Malu, pode ser que algumas pessoas até achem vc chata por pensar assim... mas pode ter certeza que estas serão as que fazem as coisas mais ridículas nessas redes... então, na verdade, a opinião delas não tem relevância!hehe

Eu não acho que seja uma crítica moralista/chata/clichê/antiquada!
Acho que vc tem muita razão em tudo que disse... nosso país é realmente ridículo em muitos quesitos!

As pessoas deveriam utilizar essas ferramentas da rede pra algo útil, ou mesmo que não seja pra algo útil, que seja pra diversão, mas pra uma diversão com fundamento, não uma coisa vazia e acéfala como vemos por aí...

Adorei o post!
Muito bem escrito!

bjinho
Simone