Pages

quarta-feira, 28 de julho de 2010


Os dias.

4

Por mais que eu feche os olhos e tente me concentrar em algo externo, o que vêm à minha mente é o teu reflexo. Teu reflexo de cima, de frente, de costas. As tuas costas.
Daí eu encho o pulmão para tentar dizer algo. Me nutro de energias para escrever uma poesia e vejo que é em vão. Por mais que me sobre inspiração, me falta concentração para os versos. E o que eu faço, é deixar o meu coração me guiar novamente, como sempre.
Quero aquele vento bagunçando os meus cabelos, deixando-os similares à verdadeiras palhas de aço. Nunca fui tão feliz com a aparência similar à de um leão recém banhado.
Quero aquele vento forte e tu me segurando à beira mar. Teus olhos jabuticabados encarando os meus com aquela força que fora tão sonhada diversas vezes. Aquela força capaz de me segurar com os próprios olhos. Os olhos.
Procuro seu reflexo nos espelhos, em vão. Procuro teu braço ao relento, em vão. Tudo que eu consigo segurar é o vazio, que é mais interior do que esse silencio sufocante me prende. E a dor de não ter você aqui.
Vivo em função do dia em que estarei com os teus olhos novamente. E esse dia não tardará a chegar. Não mais.

4 comentários:

Pretty Woman disse...

Que lindo!!!
bjus

Lopes, N. disse...

Belo texto moça, inspirador!!
=*

Tertúlia Admin disse...

Mineiro você sabe como é, adora reunir amigos para trocar 'dois dedin de prosa' e acaba se estendendo noite afora de tanto assunto! Mas nosso recado hoje é curto.

Convidamos você para visitar e conhecer um blog coletivo exclusivamente mineiro, o TERTÚLIA PÃO DE QUEIJO, um projeto de descoberta e catalogamento dos escritores mineiros que publicam seus poemas, haiku, contos, crônicas, divagações e causos por esse mundão de blogs afora. A intenção do time é que a tertúlia virtual venha crescer real nas praças de Belo Horizonte também uma hora dessas. Faça-nos uma visita virtual, tem sempre uma boa prosa esperando por você.
O que nos move é o gosto comum pela escrita, leitura e pelo pão de queijo, é claro.

Esperamos você lá no Tertúlia. Divulgue, traga os amigos, participe deixando comentários, observações e sugestões.

Saudações cordiais,

Tertúlia Pão de Queijo
http://tertuliapaodequeijo.blogspot.com

Jan disse...

Seu blog é muito lindo e seus posts trazem fortes reflexões.
Ainda não tinha conseguido acessar seus textos, pois o link q vc deixou era do seu outro blog, q por sinal tem fotos lindas.
Tb costumo arquivar algumas imagens antigas.
Acho q vc iria gostar do livro "A arte de viver bem com as imperfeições", de Véronique. Vienne, escritora francesa.
=]